Como Aplico O Minimalismo Na Minha Vida

http://Foto de Lukas no Pexels

Para mim o minimalismo surgiu de forma natural, quando desde 2017 comecei a interessar-me mais pelo desenvolvimento pessoal e pela mudança de hábitos, sobretudo no que toca aos produtos cosméticos e à alimentação.

Portanto a porta para o minimalismo, não começou exactamente por ler ou saber sobre o tema, antes pelo contrário, já conhecia a arquitectura nórdica a nível de construção e design e a japonesa relativamente aos materiais, mas não tinha o mindset programado para associar esses elementos físicos a outros mais mentais e emocionais que caracterizam o minimalismo, à minha vida.

Comecei por identificar que consumia demasiados cosméticos à base de químicos, e por isso com um potencial elevado de cancro associado.

Para mim foi fundamental este auto conhecimento de que era necessário simplificar e reduzir.

Então como comecei a aplicar na prática e de forma equilibrada, o minimalismo na minha vida?

1. Abracei a Minha Vulnerabilidade e Aceitei as Minhas Fraquezas

http://Foto de cottonbro no Pexels

Reconheci que o conhecimento que tinha sobre o tema não era suficiente, então trouxe para o consciente quais eram as minhas fraquezas, foi fundamental para reconhecer o que estava a fazer e o que podia melhorar.

A vulnerabilidade numa visão mais tradicional, remete-nos para uma perspectiva mais negativa, para o medo, que ser vulnerável é mostrar o nosso lado mais fraco.

Mas existe outra perspectiva.

Ser vulnerável é aceitar e compreender, que não sou perfeito e como tal, permiti-me a conhecer o que tenho de melhor e partilhar as minhas imperfeições.

Com esta partilha, a vulnerabilidade torna-se numa arma de auto conhecimento e de empatia, permitindo aceitar que os erros fazem parte do processo e olhar para as minhas falhas como um resultado, e não como o objectivo.

2. Mudei os Hábitos

“Um hábito não é mais do que um comportamento repetido.”

Jorge Coutinho

No que toca a hábitos, comecei por substituir os cosméticos tradicionais líquidos e de embalagem para cosméticos sólidos feitos de forma natural e com ingredientes biológicos, alguns comprados a marcas nacionais de pequena escala, outros feitos por mim e pela minha mulher.

Importa lembrar que, a transformação exige a substituição de velhos por novos hábitos!

3. Consciência Das Minhas Compras

http://Foto de Sora Shimazaki no Pexels

Nunca fui muito de modas e tendências e de fazer compras, tal como um shopaholic, no entanto quando tinha de comprar ou achava que tinha de comprar, não tinha a consciência da real necessidade para esta ou para aquela peça.

Não me perguntava…

Realmente vou usar?

Quantas vezes vou usar?

Eu gosto verdadeiramente desta peça?

4. Aplicação de Métodos Eficientes

O Príncipio de Pareto ou regra 80/20, pode ajudar-te a praticar o minimalismo. Esta teoria sugere que 80% dos resultados são provenientes de apenas 20% das tuas acções

A Matriz de Eisenhower, cuja autoria é do 34º Presidente Americano, Dwight Eisenhower, ajuda a decidir e priorizar tarefas por urgência e importância, separando tarefas menos urgentes e importantes que devemos delegar ou simplesmente eliminar

O Método ABCDE de Brian Tracy é uma ferramenta simples, mas poderosa. O objectivo é analisares a tua lista de tarefas para o dia seguinte, e colocares antes de cada tarefa, as letras A, B, C, D e E

A

  • Tarefas muito importantes
  • Tarefas que tens mesmo de desempenhar
  • Tarefas que tem uma consequência positiva ou negativa, caso sejas bem sucedido, ou não. Uma tarefa A, pode ser terminar uma apresentação para a próxima reunião de trabalho ou terminar algum relatório urgente

B

  • Tarefas que deves fazer
  • Tarefas que tem uma consequência de menor impacto
  • Caso não consigas ser bem sucedido, pode haver algum desconforto por parte de outra pessoa, caso tenhas de apresentar algo a essa pessoa. Uma tarefa B, pode ser devolver a chamada a alguém ou rever o email

C

  • Uma tarefa C é definida como algo que seria bom fazer, mas para o qual não há consequências, quer faças ou não
  • Tarefas C incluem telefonar para um amigo, tomar um café ou almoçar com um colega de trabalho e completar algumas tarefas pessoais durante o horário de trabalho. Esse tipos de actividades não têm
    nenhum impacto na tua vida profissional.

D

  • Tarefas que podes delegar a alguém, de modo a libertares mais tempo para as tarefas A, que só tu podes fazer

E

  • As tarefas E, são todas aquelas que deves eliminar. Podem ser tarefas que já foram importantes algum dia, mas agora não, mas continuas a fazer-las por teres criado esse hábito, ou porque tiras algum prazer nelas
  • O tempo que estás a dedicar às tarefas E, é o mesmo tempo que estás a retirar às tarefas A, cujo impacto é muito relevante na tua vida pessoal ou profissional

5. Desfrutar De Uma Vida Mais Leve, Mais Simples

http://Foto de Mathew Thomas no Pexels

Quais os benefícios que o minimalismo pode trazer para a tua vida?

1. Melhor Qualidade De Vida

O hábito de valorizar o essencial acarreta menos preocupações. Consequentemente existe menos stress, economizas dinheiro e ficas com a mente mais limpa.

2. Ter Mais Tempo E Ser Mais Produtivo

Havendo menos tralha (física, mental e emocional) e distracções para dispersar a tua atenção, vais conseguir focar-te no que é essencial e no que te pode trazer significado.

3. Mais Criatividade

O minimalismo é um óptimo aliado da criatividade, como a mente está mais livre, é mais fácil pensar em novas ideias e achar soluções inovadoras. Além disso, podes dedicar o teu tempo para teres um hobbie ou simplesmente a desenvolver outras capacidades.

4. Sustentabilidade

O minimalismo também é um aliado do meio ambiente, precisamente ao propor um consumo mais consciente. Assim, a busca por produtos mais sustentáveis e duradouros faz com que o descarte seja menor e a produção também, consequentemente menos lixo é produzido.

5. Menos Relacionamentos Tóxicos

Quando o foco é só no que é fundamental e que tem sentido para nós, muitos relacionamentos acabam por eliminarem-se a si próprios, porque já não os estamos a alimentar. Se a nossa realidade agora é outra e nestes não houver evolução, devemos mesmo eliminá-los da nossa vida.

6. Ter Espaço Para O Novo

Tal e qual um novo hábito, para criarmos um novo hábito devemos eliminar o velho, de forma a criarmos espaço para o que é novo, para novas experiências, relacionamentos.

7. Viver Com Liberdade Financeira

Quando deixas de viver no maximalismo e adoptas o minimalismo na tua vida, a tua vida financeira muda para melhor.

O dinheiro outrora gasto em objectos supérfluos e sem significado, apenas para encher buracos de alma, pode agora servir para realizares sonhos, ajudares quem precisa ou reduzires as tuas dívidas, caso tenhas algum endividamento.

Se gostaste deste artigo, deixa o teu comentário ou partilha nas tuas redes.

Obrigado por estares desse lado, a partilhar comigo esta jornada.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s